Numpy Arange

arange([start,] stop, [step,] dtype=None)

A função arange cria um arranjo contendo uma seqüência de valores especificados em um intervalo com início e fim dados, espaçados de maneira uniforme. Os dados podem ter qualquer tipo numérico, especificado pelo argumento dtype. Esta função vai devolver um arranjo unidimensional que pode ser usado em qualquer operação que exija arranjos.

start
Este argumento é opcional. Se ele for omitido, admite-se que o início do intervalo é 0. Se for especificado, o primeiro elemento do arranjo terá esse valor.
stop
Indica o final do intervalo. Como é característica da linguagem, este último valor não vai fazer parte do arranjo retornado. É importante notar essa distinção. Se é necessário que esse valor seja parte do intervalo, utilize a função numpy-linspace .
step
Este argumento indica o intervalo entre cada elemento do arranjo. Pode ser um valor em ponto flutuante. Este argumento pode ser omitido, e nesse caso, admite-se o intervalo entre os elementos iguais a um.
dtype
Indica o tipo numérico dos elementos do arranjo resultante. Se for omitido, os dados terão o tipo mais simples possível para representar os números.

Veja também:

array() , linspace() , r_ , c_

Exemplos:

Nestes exemplos, consideraremos que o módulo numpy foi carregado com a linha de comando from numpy import *. Se você fizer a importação de maneira diferente, não se esqueça de especificar o espaço de nomes sendo utilizado. Estes exemplos podem ser testados diretamente na linha de comando.

Vamos criar uma seqüência simples. Note que, como não especificamos nem valor de início nem o intervalo, obtivemos uma seqüência que inicia em 0 e progride unitariamente. Note também que o valor especificado como fim do intervalo não está incluído no arranjo resultante, e os elementos são todos inteiros:

>>> arange(5)
array([0, 1, 2, 3, 4])

Se quisermos criar a mesma seqüência mas com números em pontos flutuantes, temos duas opções: usar o argumento dtype ou então especificar o parâmetro na forma de um número inteiro:

>>> arange(5.)
array([ 0.,  1.,  2.,  3.,  4.])
>>> arange(5, dtype=float)
array([ 0.,  1.,  2.,  3.,  4.])

Para criarmos uma seqüência com início e intervalo diferentes, basta especificarmos os parâmetros correspondentes. Por exemplo, para criar uma seqüência que vai de -5 a 5 (excluindo este último) com um intervalo de 0.5 entre cada elemento, fazemos:

>>> arange(-5, 5, 0.5)
array([-5. , -4.5, -4. , -3.5, -3. , -2.5, -2. , -1.5, -1. , -0.5,  0. ,
        0.5,  1. ,  1.5,  2. ,  2.5,  3. ,  3.5,  4. ,  4.5])

Note que, se tentarmos criar uma seqüência de números complexos, como abaixo, não somos capazes. Isso porque o conjunto dos números complexos não é ordenado, ou seja, números complexos não podem ser colocados em ordenação:

>>> arange(1j, 5j)
array([], dtype=complex128)
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License