Numpy Identity

identity(n, dtype)

Esta função permite a criação de arranjos quadrados composta de zeros em todos os elementos, exceto na diagonal principal, onde os elementos são unitários. Ou seja, cria uma matriz identidade. Esta função difere da função eye() pois não permite a criação de arranjos de quaisquer tamanhos ou com diagonais diferentes da principal.

Os argumentos da função estão explicitados abaixo:

n
Ordem do arranjo criado. O arranjo criado é bidimensional, e ambas as dimensões têm o mesmo comprimento. O arranjo é quadrado, portanto.
dtype
Tipo dos dados gerados.

Veja também:

array() , ones() , empty() , zeros() , eye()

Exemplos:

Neste exemplo, consideramos que o NumPy foi importado através do comando from numpy import *. Essa é uma prática segura quando se trabalha na linha de comando, mas sugere-se utilizar o comando import numpy em programas e scripts para preservar o espaço de nomes e evitar a colisão.

Para gerar uma matriz identidade de ordem 3 e composta por números em ponto flutuante, usamos o comando abaixo. É importante notar que o objeto gerado não é uma matriz, mas sim um arranjo.

>>> identity(3, dtype=float)
array([[ 1.,  0.,  0.],
       [ 0.,  1.,  0.],
       [ 0.,  0.,  1.]])
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License